OS PRINCIPAIS REQUISITOS PARA OS BOMBEIROS LIBERAREM SUA OBRA

outubro 29, 2018

Se você está reformando ou construindo algo novo, para poder usufruir do local é necessário que esteja em dia com a documentação. E um desses documento é o PPCI (plano de prevenção contra incêndios), que é confeccionado pelos bombeiros da sua cidade.

Para poder conquistar a certificação do PPCI é necessário atender uma lista de requisitos visando que o local esteja em conformidade com a legislação da cidade.

O PPCI é essencial para poder conquistar o habite-se do seu local, então veja a seguir algumas dicas para você conseguir estar dentro das regras do corpo de bombeiros. O plano não se enquadra para todas as construções, as casas não necessitam de tipo de plano, apenas edificações e locais com grau baixo ou médio de risco de incêndio.

O PPCI é a versão mais completa do plano, há outras duas modalidades, o PSPCI (Plano Simplificado) e CLCB (Certificado de Licenciamento do Corpo de Bombeiro) que é utilizado em construções de até 200 metros quadrados com dois pavimentos e baixo risco de incêndio.

O plano de prevenção completo se aplica a locais do seguinte tipo:

  • Comércio;
  • Área industrial;
  • Espaço de diversão pública;
  • Centro de compras;
  • Casa de festas;
  • Residências de várias famílias, condomínios, pensões.

A avaliação dos bombeiros irá observar alguns requisitos para que sua edificação esteja dentro das normas para a segurança de todos. Cada local irá ter suas exigências, veja a seguir algumas.

 

Exigências do corpo de bombeiros

O grau de perigo de incêndio será definido pelo Corpo de Bombeiro da sua cidade, observando em qual plano seu estabelecimento se enquadra, se será o PPCI, PSPCI ou CLCB.

Porém todos seguiram sempre o plano da manutenção da vida, prevenindo para que não ocorra acidentes. Porém se caso vier a acontecer o plano também tem a função de salvar vidas, veja a seguir algumas exigências para liberarem sua obra.

 

Rotas de fuga

As saídas de emergência são muito importantes, pois são elas que irão salvar vidas. Logo são necessárias as saídas de emergência estratégicas para grandes locais.

 Se a construção é antiga, é necessário a abertura de novas saídas.

 

Entrada permanente de ventilação de ar

Para locais que possuam máquina que utilizam gás, é necessário que no local tenham entradas permanentes de ar. As aberturas para ventilação são importantes para que caso haja vazamento de gás o ar possa ser substituído.

A vazão de ar é referente ao maquinário e espaço, as aberturas são de acordo com a potência dos aparelhos e tamanho do ambiente. A ventilação pode ser de forma direta ou indireta, através de prisma na parede ou duto de ar.

Para dar acabamento a essas aberturas, instalam-se sobre as mesmas, grelhas de ventilação, as mesmas não boqueiam a circular do ar, possuem tela contra insetos e suas “venezianas” impedem a entrada de chuva.

 

Rede elétrica em dia

Para prédios antigos que passarem por reformas é exigido que a rede elétrica seja renovada com novos fios e aterramento, evitando assim curtos circuitos.

 

Extintores de incêndio por área, calculados por zona de risco

Os extintores são essenciais para conter um princípio de incêndio. Logo a equipe do Corpo de Bombeiros irá informar quantos serão necessários de acordo com o ambiente e risco de incêndio.

 

Hidrantes para grandes espaços

Para as indústrias, grandes empresas e prédios, a instalação de hidrantes de fronte com as construções é exigência para que se libere a certidão.

 

Cliqui aqui para acessar a IN-008/DAT/CBMSC.

(c) Durak 2016. Desenvolvido por aleto