A IMPORTÂNCIA DE ATENDER A NORMA IN-008/DAT/CBMSC

outubro 29, 2018

As facilidades que a modernidade trouxe para as populações acelerou e qualificou a vida do cidadão. As instalações de gás são algumas dessas facilidades. Além da segurança que uma instalação oferece, a praticidade de o gás estar sempre disponível facilita a vida do usuário.

Porém para que tudo ocorra bem é essencial seguir regras de legislações, o Corpo de Bombeiros que além de cuidar da prevenção de incêndios, é especializado em evitar acidentes. Assim, seguir a norma IN-008/DAT/CBMSC é essencial para ter as instalações feitas em segurança para evitar graves problemas no futuro.

Uma instalação de gás mal feita pode acabar com muitas vidas e até causar um desabamento com uma explosão. Então a criação da norma confere autenticidade na segurança da instalação.

A instrução normativa (IN) prevê modalidades de instalação que devem seguir a norma. Deve-se atender a norma IN-008/DAT/CBMSC as instalações do tipo:

  • Central de gás liquefeito de petróleo (GLP);
  • Instalações de gás residencial;
  • Rede de distribuição de gás para locais residenciais ou comerciais;
  • Central de GLP para sistemas de abastecimento a granel.

As instruções da norma são caminhos seguros para a sua instalação, com ela a segurança é garantida por meios de prevenção. As padronizações das instalações solidificam a segurança de que os projetos seguirão ideias já observadas, testadas e aprovadas por órgãos competentes que são especializados em segurança.

A principal importância de seguir a norma IN 008 – DAT-CBMSC é a segurança. Veja a seguir os requisitos que fazem a IN importante para a sua segurança. Para que sua instalação de gás liquefeito de petróleo (GLP) esteja dentro das normas e garanta a total segurança dos usuários, veja algumas das especificações necessárias:

  • Necessária construção de central de gás fora das dependências de onde será utilizado, com cilindros de substituição;
  • Criação de rede de distribuição que leve o gás até o local que ele será consumido, através de canalização com rede primária que suporta pressão de até 1,5kgf/cm² e secundária até 2,25;
  • Medidor e reguladores de gás a fim de medir o consumo e a pressão;
  • O ambiente deve estar adequado, deve possuir excelente ventilação para que em caso de vazamento, o ar possa ser substituído por meio de saídas permanentes de ar, que são dois orifícios nas paredes que geram contato com o lado externo da obra, essas aberturas permanentes circulam o ar puro 24h para o ambiente interno, forçando que o ar do ambiente se renove constantemente evitando acumulo de gás em caso de vazamento e possível explosão. Para dar acabamento a essas aberturas, instalam-se sobre as mesmas, grelhas de ventilação, as mesmas não boqueiam a circular do ar, possuem tela contra insetos e suas “venezianas” impedem a entrada de chuva;

Clique abaixo e conheças nossas Grelhas de Ventilação:

  • Para o gás o fornecimento de gás natural (GN) deve ser criado uma central de recebimento antes da distribuição;
  • As tubulações não podem estar dentro das construções, sempre pelo lado de fora. O acesso deverá ser diretamente onde será utilizado. Somente é permitido que ele esteja dentro das construções para indústrias que o utilizem no formato líquido;
  • O teste de estanqueidade deve ser feito a fim de assegurar que não há vazamentos nas instalações;
  • Ventiladores internos e externos, exaustores e prismas de ventilação devem ser utilizados nos ambientes onde o gás estará instalado.

Essas são algumas dicas de como proceder para a sua instalação estar de acordo com a importante norma IN 008/DAT/CBMSC e assegurar que não haverá nenhum risco para as pessoas que ali transitarem.

A principal importância da instrução normativa (IN) é a garantia da vida, o bem maior de qualquer ser humano. Por isso devemos ser corretos em realizar qualquer tipo de instalação.

 

A obrigatoriedade de aberturas permanentes para ventilação, está presente na instrução normativa (in 008/dat/cbmsc) no capítulo x - adequação de ambientes pg. 31. Cliqui aqui para acessar a IN-008/DAT/CBMSC.

(c) Durak 2016. Desenvolvido por aleto